English
Esperanto

Trolleybus

Troleicarros / Troleibus


Última actualização: 2004.10.17
ehgarde@sapo.pt


No Espaço Lusófono (no qual, naturalmente, incluo a Galiza) começa a falar-se de ómnibus eléctricos - tróley-carros - no segundo quartel do ano de 1932. Curiosamente, numa das mais setentrionais cidades do Espaço: Lourenço Marques (agora Maputo), em Moçambique. A rede de tramways eléctricos então existente sofria de uma acelerada degradação e urgia a sua substituição; a Câmara Municipal, herdeira da rede de tramways por abandono da concessionária, estuda o que mais de moderno exite na época em termos de transportes públicos, e apresenta um relatório onde a opção pelos tróley-carros é clara. Contudo, outros e mais altos valores se alevantam e a realidade mostrou-se diferente...
E é na Galiza que é instalado o primeiro sistema de trolebuses da Lusofonia: em 15 de dezembro de 1943 os trolebuses substituem os tranvías na ligação interurbana Pontevedra - Marín, num trajecto de 8 km.
Mas é Coimbra, em Portugal, a primeira cidade Lusófona a dispor de trolley-bus - e actualmente a única cidade da Península Ibérica a ter troleicarros em serviço. Como não foi permitido o cruzamento, com carros eléctricos, de uma linha férrea (que ainda existe) no centro da cidade, por forma a servir com transportes públicos a zona sul da cidade, houve optar por uma outra solução: os trolley-bus.
A terceira rede de troleibus a ser instalada foi em São Paulo, Brasil: em 22 de abril de 1949 circula o primeiro Pulmann entre a Aclimação e a Pç. João Mendes; hoje são cerca de 600 os troleibus que circulam pela cidade, no maior sistema de troleibus do Espaço Lusófono, dos hemisférios setentrional e ocidental... e um dos maiores do Mundo!

Como pode ser visto pela lista abaixo, foram 20 os sistemas de troleicarros/troleibus que existiram em 18 cidades onde se fala português. A maioria inicia os seus serviços em torno do ano de 1950 e do de 1960; e 1967 foi o ano onde coexistiram mais sistemas: entre 25 de janeiro e 12 de junho 17 desses 20 sistemas operavam! Depois foi o declínio: em torno de 1970 - ironicamente poucos meses antes do primeiro choque petrolífero, que abalou as estruturas económicas mundiais e fez iniciar uma nova mentalidade no campo da produção e consumo de energia, começando a optar-se por energias não dependentes do petróleo! - terminam 8 sistemas.
Nos anos 80, são inaugurados 3 novos sistemas; mas apenas um subsiste actualmente. E o final da década de 90 traz o encerramento dum dos sistemas mais duráveis - 49 anos menos 4 dias: o da cidade do Porto, em Portugal.
Actualmente são 5 os sistemas de troleicarros/troleibus em serviço (por ordem de antiguidade): Coimbra (54 anos), São Paulo [SPT] (52), Recife (41 anos), Santos (37) e São Paulo [EMTU] (11).

Esta página pretende reunir o que existe na Net sobre troleicarros/troleibus relativo aos países de língua portuguesa. Visto que se tratam ou de páginas soltas na Net ou de páginas insertas noutros Sites mais completos para retroceder a esta Página após a visita a qualquer um dos URL's a ela ligados aconselho usar a correspondente tecla do seu Browser.

Primeira viagem Última viagem Carros Outros URL's

Portugal

Braga 1963.05.28 3 1979.09.10 1 3 MAN, 6 Henschel
Coimbra 1947.08.16 1 Em operação 2 Secheron/Sauer, 6 Sunbeams, 19 vários, 2 Henschel (ex-Braga) [nunca operaram] Actualmente: 18 Efacec
Porto 1959.01.01 2 1997.12.27 2 26 BUT/Leyland, 75 CGE/Lancia (50 de 2 pisos), 25 Efacec/S. Caetano (10 articulados) JN - textos

Galiza (Espanha)

A Coruña 1948.07.26 2 1979.01.04 2 8 Hispano-Suiza, 7 Renault-Vétra, 6 Pégaso, 1 Berlier-Vétra, 29 "Q1" (ex-Londres)
A Coruña - Carballo (interurbana) 1950.02.23 3 1971.03.15 1 12 AEG-MAN, 9 "Q1" (ex-Londres)
Pontevedra - Marín (interurbana) 1943.12.15 1 1989 3 6 +3 GEC/Leyland, 8 "Q1" (ex-Londres), 17 BUT/Macosa (ex-Valencia/Barcelona)

Brasil

Araraquara 1959.12.27 6 2000.11.20 10 17 (vários) Prefeitura, CTA
Belo Horizonte 1953.05.30 2 1969.01.22 4 4 Twin, 50 MH, 20 Massari (ex-SP)
Campos 1958.06.29 4 1967.06.12 1 9 Vétra (ex-Niterói)
Fortaleza 1967.01.25 11 1972.02 7 9 Massari
Niterói 1953.11.21 3 1967.11.10 2 45 Vétra
Porto Alegre 1963.12.07 10 1969.05.29 5 9 Massari
Recife 1960.06.15 7 Em operação Twin, 50 MH (ex-BH), Villares, Massari,... Atualmente: 49 (vários) e 18 ex-RP EMTU, BS
Riberão Preto 1982.07.24 12 1999.07.02 9 22 Caio/Mafersa/Villares Prefeitura, TRANSERP, EstadoSP, Borelli & Merigo
Rio Claro 1986.05.09 13 1993 8 10 UH (ex-SP)
Rio de Janeiro 1962.09.03 8 1971.04 6 199 Fiat Site de M. Almirante
Salvador 1959.11.21 5 1968.06 3 Fiat, 50 AR
Santos 1963.08.12 9 Em operação AR, Fiat, MP, Mafersa BS
S. Paulo (SPT) 1949.04.22 1 Em operação Atualmente: 555 (vários) SPTrans, BS, JT, Eletrobus, Marcopolo, Powertronics, SMagazine, S.Petr.Collection
Idem ("fura-fila")

2000.10.12

15 Em testes 2 articulados; 1 bi-articulado (VLP) SPTrans, transpon-line, SuperEstrada

S. Paulo (EMTU)

1988.12.03

14

Em operação

30 Cobrasma (10 articulados)

MetrôSP, Powertronics

Notas:

» BS - Blickpunkt Straßenbahn, JT - Jornal da Tarde, EMTU - Empresa Municipal de Transportes Urbanos.
» A informação relativa ao Brasil, bem como a estrutura do quadro, foram obtidas em The Tramways of Brazil e Latin America Trolleybus Installations, ambos de Allen Morrison, a quem especialmente agradeço.
» A informação relativa à Galiza (Espanha), foi facultada por Xan Fraga Rodríguez, a quem especialmente agradeço, bem assim como à sua editora Edicións Espiral Maior S.L., de Vigo, Espanha.

 

Siga às Ligações

 

Anel da Rede TramRing Blickpunkt Straßenbahn Webring TramRing Web Ring
anterior
seguinte
lista dos endereços
anterior
seguinte
lista dos endereços
anterior
seguinte
lista dos endereços
anterior
seguinte
lista dos endereços

 

Retrocede à Página dos Troleicarros/Trólebus